Páginas

sexta-feira, junho 02, 2006

Semear jardins






















Adoro as flores,
suas cores,
seus aromas,
suas formas e magia.

Quando ficam grávidas
tornam-se mais ternas,
sensíveis e encantadas.

Seus brotos, tenros,
trazem a força da vida
que as semente detêm.

Flores animam sonhos,
deixam o tempo mais leve
e a luz mais brilhante.

Adoro as flores,
as vermelhas chamam amor,
as brancas chamam paz,
as amarelas carinho,
as azuis lembram o horizonte,
as lilazes encantam os olhares,
as verdes semeiam esparanças.
As coloridas fazem a vida
ficar mais alegre e hermosa.

Adoro a paciência das flores.
Quantas vezes parecem desanimadas
e renascem com mais encanto e força.

Não importa a terra,
mesmo no meio da aridez,
elas brotam, crescem e semeiam
mais e mais flores e sonhos.

As flores são mulheres apaixonadas,
deixam a humanidade mais terna,
mais feliz e esperançosa,
que um dia as pessoas
sejam como flores.

As flores são mulheres que perdoam,
sem medo da escuridão,
e ao amanhecer
serão mais fortes, queridas e encantadoras.

As flores são energia para a vida,
de sentimentos que buscamos.

As flores são fortes,
como o mar que por todos os lados
acredita que pode ser instrumento
de harmonia, ligação e equilíbrio.

Adoro as flores,
não importa se sangro
com espinhos no dia a dia
das maravilhosas rosas.

Sei que preciso semear mais,
deixar a humanidade mais florida.
Quem sabe assim poderei descobrir uma flor
também acreditando na esperança
e possamos deixar o tempo mais sereno e belo.

Quero semear jardins,
mais incentivar a paz e sonhos
de homens e mulheres felizes.

Quero uma flor...

2 comentários:

Anônimo disse...

Sim, provavelmente por isso e

Pedro César disse...

sim, por isso....e ai?