Páginas

terça-feira, agosto 15, 2006

Encantadora Lúcia

Gotas escorregam molhando meu corpo,
o calor alimenta minha esperança
no fogo que brotará das entranhas da humanidade.

Pulsa minha alma pensando na mulher que amo,
minhas veias se enrijessem como sementes frescas
endurecidas para virar vida rasgando a terra
e transformarem-se em flores para colorir a escuridão do universo.

Colorir o universo,
criar sempre sonhos,
semear permanentemente a esperança,
sabendo que a dor nunca cessará.

Amar é crer no coração!

Vem sempre me embalar,
sempre deixar-me crer no fim da solidão,
viver os beijos que tenho dado eternamente,
sentir o gozo em cada espasmo que dermos
caminhando ao entardecer em Olhos D'água.

Acreditar no fogo sempre.

Fazer a morte dominar a mentira,
a exploração transformar-se em lixo cósmico
levado pelos metéoros que navegam
deixando nada mais que o vácuo no espaço.

As gotas continuam caindo,
sinto mais ainda o amor me dominar,
semear minh'alma que cria vida
quando meu corpo toca o dela.

Enquanto vejo o sol se pôr
espero ela me chamar para seguirmos
o caminho onde somente semearemos flores
para combater as dores e as mentiras.

É muito bom estar amando...
É muito bom estar sendo amado...



2 comentários:

Carla Augusto disse...

Parabéns pelo seu blog!

Pedro César disse...

Valeu, obrigado.