Páginas

terça-feira, janeiro 02, 2007

Semear Flores

Acordar com o canto dos pássaros,
sabendo que a chuva semeia esperança
e espanta o calor que anima as flores.

O vento rasga meus sonhos,
deixa-os mais vulneráveis
e rochosos nas manhãs de janeiro.

Janeiro que não veio ainda,
veio mais uma vez um novo ano,
cheio de meses perdidos no tempo.

Os pássaros continuam cantando,
animando meus sonhos adormecidos
de semear um novo tempo.

O tempo não vem,
a vida não vem,
vem apenas a nostalgia do amanhã.

Será que as flores ainda brotarão?


3 comentários:

Lúcia Araujo disse...

A inquietação É a semente dos sonhos que vc, jardineiro incansavel, semeia vida afora.

gaivotadaria disse...

Virá um tempo em que as flores brotarão salpicando o seu prado verdejante de todas as cores do arco iris mais aquelas que você inventar ao som de notas de musica em que também será o compositor.
Um abraço de uma gaivota pequena de uma ria longínqua...

gaivotadaria disse...

Perguntou-me onde eu estou, e aqui estou eu a responder: estou no Algarve, em Portugal. Um sorriso para você desejando-lhe boa disposição.