Páginas

sexta-feira, agosto 19, 2011

beijo




"Teu beijo é nestlé,
globalizado,
anda no Hopi Hari.
Quero um beijo com gosto de açaí,
terra e cheiro de suor.
Teu abraço é global,
quero calor ou frio,
sabor humano,
sem mercado,
apenas beijos e abraços verdadeiros".

2 comentários:

Jonathan Constantino disse...

Pois é, caro Pedro,
como é difícil enfrentar/superar a mercadoria em nossas relações.
arriscar ir fundo e se negar a superficialidade.
Se negar as palavras sem consequência.

Um forte abraço,

J.

Pedro César disse...

Sim, superar o mercado em nossos sonhos e também em nossas relações...um trabalho como enxugar gelo...ainda assim é melhor continuar enxugando...